Um suíço com alma brasileira

suicoEm 1969, o especialista em tampografia, processo de impressão para peça a ser decorada, FrançoisHenri Pury, chegou ao Brasil, depois de ser contratado por um brasileiro, na Suíça.

Após trabalhar vários anos em São Paulo e em Pernambuco, no segmento de relógios, ele recebeu a proposta de vir para o Norte do Brasil. “Em 1980, eu recebi uma proposta da mesma pessoa que tinha me contratado no meu país para trabalhar em Manaus. Então, eu fui trabalhar na empresa Hora do Amazonas e, depois, em várias outras empresas de relógios do Polo Industrial de Manaus (PIM)”, conta ele.

Hoje, François é proprietário da Tampoart Clichê, empresa especializada na arte da impressão de mostradores de relógios, instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), onde atende diversas empresas do PIM pelos telefones 3237-4610 e 9112-1266. “Já fizemos trabalhos para marcas de televisão e entretenimento e equipes de futebol”, finaliza.

Autores sobre Tampografia dizem que a origem e o desenvolvimento dessa arte deve-se à indústria suíça de relógios.