• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag profissionalização

Tecnologia a favor das crianças

 

Equipe que desenvolveu o projeto.

Com o objetivo de fazer o lançamento de uma plataforma de jogos interativos para ajudar a crianças a lidar com a raiva e a agressividade, a startup (empresa iniciante com grande potencial tecnológico) Dream Kid apresentou a profissionais da tecnologia, psicólogos, empresários e convidados o FELT, jogo criado para facilitar a educação emocional das crianças com conflitos emocionais internos, que podem ser solucionados de maneira criativa e intuitiva.

A apresentação aconteceu no Instituto de Desenvolvimento e Informática da Amazônia (SIDIA), bairro Parque 10 de novembro, Manaus, e tem o apoio de vários profissionais e instituições, como o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE). “Nós acreditamos que toda criança merece conhecer a si mesma, aprender sobre o que sente e como pode resolver conflitos internos. Para auxiliar nesta jornada, a criança é apresentada à tartaruga Tuco, um personagem com o qual descobrirá o que é a raiva, os efeitos, as causas e as soluções para lidar com esse sentimento.”, diz a empreendedora Bárbara Nicolau, acrescentando que o intuito dos participantes do projeto é ajudar a profissionais da área educacional e de psicologia infantil no esclarecimento de emoções. “Por meio das emoções vividas pela tartaruguinha, a criança imerge em um exercício, em uma atividade de educação emocional”, conta Bárbara.

A plataforma dispõe de diferentes planos e valores que variam de acordo com o público ou as necessidades da criança. Para mais informações acesse www.feltgame.com

Bárbara Nicolau apresenta os resultados do projeto da Dream Kid.

Bárbara Nicolau agradece o empenho da sua equipe no projeto.

Bárbara Nicolau e a consultora do CIDE, Elizabeth Araújo.

Bárbara Nicolau apresenta as embalagens do produto desenvolvido por ela e sua equipe.

 

Preparação para depois da incubação

O coach, Geraldo Magela, e os empresários durante a penúltima formação de 2017.

Aproximadamente dez empresas instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) realizaram uma capacitação de “pós-período de incubação”, pensada para enfrentar os desafios fora da incubadora. A formação aconteceu no próprio centro, com o apoio do Departamento de Assistência à Média e Pequena Indústria (DAMPI), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM).

Segundo o economista e coach, Geraldo Magela, os empresários instalados devem ter uma formação constante e não podem deixar para depois os desafios “pós-incubadora”. “Há casos em que os empreendedores trazem a família para o seu próprio negócio. Isso não é problema. Mas, o que não pode acontecer é que a empresa se torne um ‘cabide de emprego’ para parentes sem o perfil desejado que ajude o negócio a crescer. Família é família e negócio é negócio”, diz Magela, acrescentando que o empreendedor deve profissionalizar os seus colaboradores.

Empresários do CIDE profissionalizam a gestão

O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação

O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os empreendedores, instalados no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), concluíram, no mês de maio, o primeiro módulo de formação, intitulado “Profissionalização da Gestão”, para corrigir os principais erros nas gestões consideradas “familiares”, nos aspectos financeiro e processo empresarial.

 Durante uma semana, os empresários ouviram palestras, compartilharam experiências positivas e negativas, ouviram casos e realizaram exercícios em grupos. “A profissionalização da gestão começa pela postura de cada empreendedor, controlando o seu Ego, melhorando sua relação com os funcionários e os clientes, evitando o paternalismo, o nepotismo, a centralização dos trabalhos e os critérios de contratação”, diz o economista e coach Geraldo Magela.

No mês de junho, o empresariado volta à sala de formação para dar continuidade aos trabalhos.

 

Aproximadamente 14 empresários participam das formações

Aproximadamente 14 empresários participam das formações

 

Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo

Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo

 

Empresários apresentam os trabalhos da formação

Empresários apresentam os trabalhos da formação

 

For4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Parcerias são fomentadas no CIDE

Equipe de analistas do SESI conversam com gestores e colaboradores das empresas incubadas.

Equipe de analistas do SESI conversam com gestores e colaboradores das empresas incubadas.

Com o objetivo de melhorar a divulgação dos produtos das empresas incubadas em eventos nacionais e internacionais, e as formações educacional e profissional de seus colaboradores, o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) começa o ano de 2015, fomentando as parcerias com o Sistema Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Sistema FIEAM).

Esta semana, a incubadora recebeu a visita das equipes técnicas do Centro Internacional de Negócios (CIN/AM) e do Serviço Social da Indústria (SESI/AM). “Queremos promover a qualidade das empresas, mas também, queremos, sobretudo, promover a qualidade de vida dos trabalhadores, com foco na profissionalização, educação, saúde e lazer, estimulando o crescimento pessoal e empresarial”, disse o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

As equipes conversaram, no auditório do CIDE, com os gestores e os colaboradores e explicaram como funcionam os serviços e como as empresas instaladas na incubadora vão participar dos programas oferecidos. “Vamos proporcionar às empresas uma qualificação internacional, de modo que elas possam comercializar seus produtos tanto no Brasil como em mercados internacionais e estarem aptas a competir”, concluiu o gerente executivo, Marcelo Lima.

O diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, com a equipe do SESI-AM.

O diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, com a equipe do SESI-AM.

O gerente executivo do CIN-AM, Marcelo Lima (à esq.) fala com os empreendedores.

O gerente executivo do CIN-AM, Marcelo Lima (à esq.) fala com os empreendedores.

 

} else {