• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag produtos

Empresa do CIDE alcança metas e lança produtos

Os sócios da Biozer Amazônia, em evento no Rio de Janeiro para lançamento de produtos.

A Biozer Amazônia, empresa de cosméticos e produtos naturais, instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), conseguiu as devidas certificações emitidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), para fazer o lançamento dos seus produtos, informa o sócio-proprietário, Danniel Pinheiro.

A linha de cosméticos recebeu o nome de “Simbioze Amazônica” e, segundo a empresa, os produtos serão elaborados somente com ingredientes naturais e certificados. “O diferencial dos nossos produtos está no fato de que eles possuem uma rastreabilidade e segurança que permitem que o consumidor confie em um produto certificado pela ANVISA e cuja procedência é garantida”, diz o sócio Danniel Pinheiro.

Os produtos da linha “Simbioze Amazônica” já foram lançados no evento “Green Rio”, que aconteceu em junho, na cidade do Rio de Janeiro. “Tivemos a oportunidade de lançar nossos produtos no Rio de Janeiro, mas estamos preparando toda uma estrutura para que eles sejam comercializados em estabelecimentos de beleza em Manaus, como drogarias, clínicas de tratamentos estéticos”, comenta Danniel, lembrando que os interessados em obter mais informações e adquirir os produtos podem ligar para o número 3213-3207.

Os passos para cosméticos, higiene e perfumes

Segundo a página eletrônica (site) do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), a legislação sanitária brasileira relacionada aos Produtos de Higiene, Cosméticos e Perfumes (HPPC) exige a autorização de funcionamento da empresa emitida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Somente esse órgão pode autorizar atividades como extrair, produzir, fabricar, transformar, sintetizar, embalar, reembalar, importar, exportar, armazenar, expedir, transportar e distribuir produtos enquadrados na categoria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos. O Sebrae tem auxiliado empreendedores que queiram se regularizar e abrir uma empresa de HPPC. No site do próprio SEBRAE, os interessados em abrir empresas de produtos de higiene podem acessar à cartilha completa.

Estande da Biozer Amazônia, no Rio de Janeiro.

Os proprietários da Biozer Amazônia no estande da empresa, no Rio de Janeiro.

 

Parcerias rendem novos negócios para empresas

Gustavo Godoy fala para a televisão sobre os seus produtos.

Para oferecer novos produtos e serviços, e captar novos clientes, empresas instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), fazem novas parcerias com empresas de outros segmentos, mas que estão relacionadas de alguma forma com produtos comercializados por ambos.

Um desses produtos é o rico cardápio oferecido pela Trembão, empresa de alimentos fitness, em parceria com clínicas de estética de Manaus. “Eu creio que muita gente já ouviu falar do Detox, mas o que nós ferecemos é uma linha de produtos que consiste na consumição, durante sete dias de alimentação, do chá Detox, o almoço Detox, lanche Detox e jantar Detox que vai ajudar a desintoxicar o organismo das comidas industrializadas e ajuda no emagrecimento”, diz o pós-graduado em Segurança Alimentar e Comida Saudável Gustavo Godoy.

Godoy não revela a receita dos produtos Detox, mas conta que alguns fisioterapêutas incluíram o cardápio da Trembão nos pacotes de produtos das clínicas. “Hoje o detox não é uma novidade, mas não posso passar a receita porque é o segredo do negócio e passei muito tempo para elaborar esse cardápio. Mas quero destacar que é um dos produtos mais consumidos”, diz.

 

Público feminino

De acordo com o empresário da Trembão, o cardápio detox é mais consumido pelas mulheres que procuram qualidade de vida. “Pessoas que têm problemas de prisão de ventre, que querem enmagrecer, costumam consumir nossos produtos. É muito raro que os homens procurem esses tipos de produtos”, conta Godoy, acrescentando que o público feminino a partir dos 25 anos de idade já consome o cardápio.

Além de atender as demandas das novas parcerias com as clínicas, a Trembão mantém a qualidade de seus produtos. “O nosso objetivo é o mesmo: satisfazer o cliente em qualidade de alimentação. Os próprios consumidores ou clientes entram em contato com a gente para elogiar, agradecer… Isso é um resultado positivo para nós porque o cliente está feliz”, diz.

 

Dieta detox

O principal foco da dieta detox é aumentar o consumo de alimentos orgânicos e pobres em gordura, e evitar os produtos industrializados, que são ricos em sal, gordura e aditivos químicos. Na dieta líquida detox apenas é permitido ingerir líquidos como chá, água, sucos de frutas ou de legumes, e sopas de legumes, sendo importante utilizar sempre produtos orgânicos.

Produtos da Trembão comercializados pelas clínicas de estética.

Gustavo Godoy recebe visita de estudantes do curso de Nutrição.

 

Empresas do CIDE em espaço de feira do Sebrae

O estande da Amazon Doces comercializou, além dos biscoitos, o ovo de Páscoa regional.

 

Empresas do setor da panificação, doces e cosméticos, instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), participaram do “6º Empório Sebrae Agronegócios”, no mês de março, para divulgar e comercializar seus produtos, e fazer novas parcerias de negócios, no pátio externo do Serviço Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa (Sebrae), no Centro de Manaus.

Devido à aproximação com a Semana Santa, o evento contou também com as presenças dos empreendedores do setor de pescados, verduras, hortaliças, laticínios, molhos e outros. Para o diretor executivo do CIDE, José B. Grosso, o evento Empório Sebrae gera novos negócios. “Essa iniciativa é o início para a captação de novos clientes, geração de novas parcerias e novos empregos. Vai além da exposição ou divulgação de produtos”, diz José Grosso.

Nessa edição, o Empório Sebrae ofereceu a possibilidade de degustar os produtos. “Todas as empresas recebem o apoio do Sebrae Amazonas por meio de programas setoriais que auxiliam no desenvolvimento de micro e pequenos negócios no Estado e o consumidor ganha a chance de comprar ingredientes frescos e por preços mais em conta, diretamente de quem produziu”, diz o analista técnico do Sebrae no Amazonas e organizador do evento, Leocy Cutrim.

Representantes da Sabores de Tradição na feira do Sebrae.

Consultoras de cosméticos da Amhy, empresa instalada no CIDE.

 

Farmacêutica tem sua própria linha de produtos

A farmacêutica, Larhicy de Souza (à dir.), trabalha em equipe.

 

Ela nasceu no Maranhão, estudou Farmácia em São Paulo, trabalhou em Manaus e hoje é uma das novas empreendedoras, instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), onde possui a empresa de cosméticos Amhy, realizando um sonho de estudante que era ter seu próprio negócio e gerar emprego.

“Quando eu cheguei a Manaus, eu trabalhei em duas grandes empresas de produtos farmacêuticos, mas eu sempre tinha aquela inquietude de produzir meus próprios cosméticos. Eu ganhava bem, mas sentia que faltava alguma coisa. Eu queria ter o prazer de ter a minha própria linha de produtos”, relata a proprietária da Amhy, Larhicy de Souza.

Ainda segundo Larhicy, o pai dela era um exemplo que ela queria seguir, já que ele também é um empreendedor. “Eu gosto de arriscar, de inovar, de tentar algo diferente. E, durante umas férias, eu decidi produzir meus primeiros produtos em casa para testar. Minha mãe desocupou um quarto de hóspede e eu comecei”, conta a empresária.

O primeiros passos deram tão certo que ela começou a divulgar os primeiros resultados. “Meus pais foram os primeiros a provar os produtos. Depois, eu divulguei para minhas colegas de trabalho e o negócio foi florescendo e eu comecei a fabricar produtos com essências da Amazônia”, diz Larhicy.

A farmacêutica acreditava tanto no seu potencial empreendedor que decidiu abandonar o emprego e buscou incubadoras de empresas. No começo, ela se instalou em uma incubadora universitária, mas o espaço foi ficando pequeno para o seu enorme sonho. “Eu não queria fabricar de maneira artesanal, eu queria que meus produtos tivessem certificações importantes e produzir em grande escala. Então eu procurei o apoio do CIDE, onde a estrutura é ampla e posso conseguir novas certificações, e realizar novos contatos”, diz a proprietária, lembrando que o começo não foi fácil.

A empresa de cosméticos de Larhicy começou bem no CIDE, nas primeiras semanas de instalação, ela teve a oportunidade de expor seus produtos para uma comitiva da Bélgica que visitou a incubadora para realizar novas parcerias. “Há momentos em que você tem vontade de desistir, mas você tem que persistir e não ter medo de errar”, finaliza ela.

Hoje, a Amhy possui 16 linhas de produtos, formadas por hidratantes, sabonetes, cremes para mãos e facial, difusores de ambientes e tantos outros.

 

Larhicy conta com duas colaboradoras.

 

A farmacêutica conversa com o embaixador belga em visita ao CIDE.

 

Larhicy procurou o apoio do CIDE.

Embaixador da Bélgica e comitiva no CIDE

Comitiva da Bélgica conhece instalações do CIDE.

O embaixador do Reino da Bélgica, Dirk Loncke, o ministro conselheiro da Bélgica, Hendri Roggen, o cônsul honorário de Manaus, Clifford Nelson Oliveira e os funcionários diplomáticos (Adidos Econômico e Comercial, e Científico) André Villers, Yves Lapere, Stefano Missir, Julie Dumont e a conselheira econômica e comercial, Maria Laura Maron-pot, visitaram o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), no último 30 de novembro, para conhecer as instalações da incubadora e tratar de novas parcerias com as empresas instaladas.

Durante a visita à cidade de Manaus, o CIDE foi a única incubadora de empresas visitada pela comitiva que ficou impressionada com a estrutura física e o potencial do empresariado local. “Estou muito impressionado com toda a estrutura. Penso que os produtos amazônicos têm um enorme potencial de comercialização na Bélgica”, diz o embaixador Dirk Loncke.