• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivo da tag evento

Tecnologia para pessoas da melhor idade

A engenheira de software e fundadora da Seniors App, Dalvanira Santos, no auditório do CBA.

A startup Seniors App, associada ao Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), apresentou no segundo e último dia de evento do “I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia”, realizado no passado 3 de dezembro, no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), um aplicativo para monitorar a saúde das pessoas idosas.

Segundo a fundadora da empresa Dalvanira Santos, o software armazena dados de saúde do paciente, assim como relatórios de consultas e lista de medicamentos. “Queremos gerar confiança e bem-estar à população. Com o nosso aplicativo o familiar, o médico, a enfermeira têm uma visão detalhada do histórico do paciente, já que o aplicativo colhe informações do estado de saúde do idoso, como batimentos cardíacos, nível de glicose, etc., ajudando o profissional de saúde a tomar decisões”, explica a fundadora.

Na ocasião, Dalvanira Santos comentou sobre a importância de estar associada ao CIDE. “O momento pelo qual estamos passando, precisamos de parceiros para apoiar e divulgar nossas pesquisas e produtos. Portanto, é um grande apoiador nosso”, finalizou.

STARTUP

Segundo o site do SEBRAE, uma startup é um grupo de pessoas iniciando uma empresa, trabalhando com uma ideia diferente, escalável e em condições de extrema incerteza.

 

Dalvanira Santos desenvolveu um software dirigido às pessoas idosas.

 

A empreendedora é apoiada pelo CIDE.

 

Auditório do CBA, local de apresentação de muitas startups.

Empresas do CIDE apresentam alimentos saudáveis em evento

Chocolates, molhos, comidas regionais saudáveis foram apresentados ao consumidor.

As empresas instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) apresentaram no primeiro dia do “I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia”, produtos considerados saudáveis, orgânicos e inovadores às autoridades e ao público em geral que estiveram ontem, 2, no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), para participarem do evento que mostra a importância do desenvolvimento científico e tecnológico na Amazônia.

Respeitando um protocolo de saúde, no qual todos usam máscaras e mantêm a distância, o estande do CIDE foi um dos mais frequentados, porque reunia produtos da culinária regional, mas com um toque de preocupação com a biodiversidade e a saúde pessoal do consumidor. “Este tipo de evento supera a simples divulgação de produtos desenvolvidos por empreendedores. Significa também uma oportunidade de oferecer novos hábitos alimentares, uma alimentação mais natural, saudável às pessoas por meio dos nossos produtos”, disse o empreendedor Emerson, proprietário da Terramazônia, empresa instalada na incubadora.

O evento também reservou estandes para empresas associadas ao CIDE, que tiveram seus próprios pontos de exposição dentro do CBA. “Desenvolvemos soluções para a agricultura e o agricultor, na área de fertilização do solo, chamamos de Agricultura de Precisão”, diz a representante da Business Global Agriculture, Kênia Castelo, acrescentando que o CIDE é um grande parceiro institucional.”Não estamos sozinhos”, concluiu ela.

Hoje, último dia do evento, é a vez das palestras e as exposições continuam, com entrada gratuita, para conhecer os trabalhados de 40 institutos de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTs), startups locais e empresas instaladas em incubadoras de empresas.

Contato dos entrevistados nesta reportagem:

www.terramz.com.br

businessglobal.com.br

 

Produtos da Karú, empresa instalada no CIDE.

 

Produtos orgânicos da Warabu e da Terramazônia, empresas instaladas no CIDE.

 

Produtos da Karú e da Terramazônia.

 

Profissionais e empreendedores da Terramazônia, Karú e Warabu.

 

Empresários conversam com consumidor.

 

A empresa Karú foi uma das mais procuradas.

 

Estande do CIDE.

 

Estande da BG Agriculture, empresa associada ao CIDE.

 

 

Estande da empresa de cosméticos Biozer da Amazônia, instalada no CIDE.

 

Empreendedores do CIDE no CBA

Reunião no CIDE para discutir a participação no evento.

Empresas dos setores Alimentação, Cosméticos e Tecnologia, instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), foram convidadas a expor seus produtos, projetos e serviços no I Encontro de Empreendedorismo e Inovação da Amazônia. O evento vai ser realizado nesta semana, nos dias 2 e 3 de dezembro, no Centro de Biotecnologia da Amazônia (CBA), em Manaus.

Durante vários dias houve reuniões no CIDE com consultores de negócios e empresários, para estruturar a participação dos empreendedores no evento. “É uma ótima oportunidade para divulgar novos produtos regionais e inovadores”, disse o diretor executivo José Grosso.

Coordenado pelo CBA e pela Associação do Polo Digital de Manaus (APDM), o evento é aberto ao público em geral e as inscrições são gratuitas, e reunirá cerca de 40 institutos de Ciência, Tecnologia e Inovação (ICTs) e startups locais.

Segundo os coordenadores, o Encontro terá também a intenção de demonstrar a importância de investimentos oriundos do modelo Zona Franca de Manaus, a partir de recursos relacionados à Lei de Informática, para o desenvolvimento científico e tecnológico regional.

O diretor executivo, José Grosso, discute com empresários a participação de cada um.

Na reunião, consultores de negócios explicam a importância do evento.

Selo garante alimento de qualidade ao consumidor

Alguns produtos apresentados pela Karú

A empresa de alimentos Karú, instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), recebeu neste mês de novembro, da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), o Selo de Inspeção Estadual (SIE), o que garante que os produtos comercializados pelo empreendedor estão de acordo com os padrões higiênico-sanitários previstos na legislação estadual.

Além de garantir a confiança da procedência dos alimentos comercializados, o selo agrega valor ao produto, atestando a ótima qualidade ao consumidor. “Essa certificação é muito importante para nós, porque a partir dela começamos a comercializar nossos produtos a nível estadual e serve de ponto de partida para conseguir outras certificações de nível nacional e mais adiante uma certificação internacional”, diz o proprietário Glauco Francesco.

Glauco ressalta também que o consumidor final é o grande beneficiado porque vai consumir um produto de procedência confiável. “Nossos alimentos passam por um processo rigoroso de elaboração, com higiene e qualidade”, diz Glauco, destacando a importância do CIDE no processo. “Sem a estrutura da incubadora e sem o apoio dos administradores, nós teríamos demorado mais em conseguir a certificação. Por isso, agradeço a todos”, finaliza.

Para comemorar o recebimento da certificação, a Karú ofereceu uma degustação dos seus produtos, como pratos elaborados com pirarucu, tambaqui, molhos, temperos e aves, aos convidados, respeitando as normas de prevenção contra a COVID-19. “Para nós, também é importante apoiar a instalação, comercialização e o crescimento das empresas que decidem vir ao CIDE. Isso é bom para a economia local e para os consumidores”, concluiu o diretor executivo do CIDE, José Grosso.

Adaf

Segundo a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf), no ano passado, foram certificados 24 novos estabelecimentos. Neste ano, apesar das dificuldades impostas pela pandemia, as certificações continuam.

O empreendedor Glauco Francesco mostra o certificado.

O diretor executivo do CIDE, José Grosso (dir.), e o empresário Glauco Francesco, durante a degustação.

Representantes da ADAF conversam com representantes do CIDE, na degustação oferecida pela Karú.

O diretor executivo, José Grosso, conhece os produtos da Karú.

O empresário Glauco Francesco ( ao centro), com seus colaboradores.

Produtos Karú que foram apresentados.

Empresa apresenta máquinas injetoras

O empresário José Grees (à direita) recepciona os convidados.

 

Para aproximar empresários e profissionais, ligados ao setor industrial de plásticos, ao conhecimento de novas máquinas injetoras de última geração, a empresa Aliança Representações Comerciais, instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), realizou uma tarde de seminário e exposições, no mês de agosto, onde convidados tiveram a oportunidade de conhecer a funcionalidade de novos equipamentos de injeção plástica e fazer negócios.

Segundo o sócio-proprietário, José Grees, a apresentação consistiu em divulgar os produtos da multinacional Haitian, que possui uma linha enorme de injetoras hidráulicas, elétricas, híbridas e comercializa com várias empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM). “Hoje em dia, um produto eletrônico, como uma televisão, ou uma simples vassoura possui mais 80% de peças plásticas. Então, essas peças plásticas são fabricadas por meio de uma máquina injetora, que é um equipamento muito confiável”, diz o empreendedor que representa a marca no Amazonas.

Para o evento, a Aliança Representações Comerciais trouxe o gerente técnico da Haitian, Roberto Melo, que fez a apresentação dos produtos Haitian e explicou como a tecnologia da marca pode ser aplicada nos diversos serviços e produtos do PIM e do comércio de Manaus. “O seminário serviu também para dar uma espécie de treinamento geral aos convidados”, finaliza Grees.

Empresários, no auditório do CIDE, ouvem palestra e conhecem os novos modelos de máquinas injetoras.

 

 

Pular para a barra de ferramentas