Transformando-se em empresário

Empreendedores participam do penúltimo módulo.
Empreendedores participam do penúltimo módulo.

 

O empresariado do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) voltou à sala de treinamento para participar do curso “Transformando-se em empresário empreendedor”. Depois de uma semana de treinamento, a capacitação foi concluída no dia 31 de agosto e foi ministrada novamente pelo economista Geraldo Magela. A formação tem a finalidade de corrigir os principais erros nas gestões consideradas “familiares”, nos aspectos financeiros e processo empresarial.

A formação está constituída de três etapas em meses diferentes. Essa é a penúltima. “Trata-se agora do segundo módulo. Nesse curso, estamos trabalhando casos de pessoas que tenham uma empresa e são chamadas de empresários, mas isso não dá a elas as características de empreendedor ou empreendedora. E muitas empresas não conseguem avançar porque falta ao proprietário as características de empreendedor”, diz Magela.

Durante o curso o economista deixou bem claro que muitos empresários têm uma grande ideia, bons produtos, mas agem como empregado dentro da própria empresa. “O objetivo é fazer uma reflexão sobre a postura empreendedora do empresário, o que vai levá-lo a um bom posicionamento no mercado, melhorando sua relação com os funcionários, descentralizando os trabalhos e melhorando sua criatividade”, destaca.

O próximo passo vai ser em setembro, quando acontecerá a formação do último módulo com todos os empresários.

 

O que é?

Empreendedor é quem identifica oportunidades e gera riquezas a partir delas. No mundo do trabalho, aquele tipo de pessoa que é capaz de criar uma empresa ou negócio a partir de uma simples ideia. Empresário, por sua vez, é todo indivíduo que tem competência para perpetuar essa mesma empresa ou negócio.

As experiências são compartilhadas.
As experiências são compartilhadas.

 

Empresários recebem certificado de conclusão.
Empresários recebem certificado de conclusão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Confraternização reúne novos e antigos empreendedores

Empresários jantam juntos.
Empresários jantam juntos.

 

Com o objetivo de unir o empresariado e a equipe técnica do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) foi realizada, no mês de junho, no pátio da incubadora, uma confraternização entre todos os colaboradores das empresas instaladas.

 

Segundo o diretor executivo, José Barbosa Grosso, a ocasião serviu para estreitar amizades e parcerias. “Eu vejo o CIDE como uma família também. Aqui procuramos apoiar os novos empreendimentos e realizamos momentos nos quais os empresários possam conhecer outros empresários que estão chegando e têm o mesmo sonho”, diz.

 

Durante o evento foram sorteados produtos feitos nas próprias empresas instaladas no CIDE e os novos empreendedores procuraram conhecer de perto os empresários já instalados.

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, agradece a participação de todos.
O diretor executivo do CIDE, José Grosso, agradece a participação de todos.

 

O ambiente de festa junina fortaleceu o encontro.
O ambiente de festa junina fortaleceu o encontro.

 

 

JUN1

 

 

JUN3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Empresários do CIDE profissionalizam a gestão

O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação
O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os empreendedores, instalados no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), concluíram, no mês de maio, o primeiro módulo de formação, intitulado “Profissionalização da Gestão”, para corrigir os principais erros nas gestões consideradas “familiares”, nos aspectos financeiro e processo empresarial.

 Durante uma semana, os empresários ouviram palestras, compartilharam experiências positivas e negativas, ouviram casos e realizaram exercícios em grupos. “A profissionalização da gestão começa pela postura de cada empreendedor, controlando o seu Ego, melhorando sua relação com os funcionários e os clientes, evitando o paternalismo, o nepotismo, a centralização dos trabalhos e os critérios de contratação”, diz o economista e coach Geraldo Magela.

No mês de junho, o empresariado volta à sala de formação para dar continuidade aos trabalhos.

 

Aproximadamente 14 empresários participam das formações
Aproximadamente 14 empresários participam das formações

 

Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo
Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo

 

Empresários apresentam os trabalhos da formação
Empresários apresentam os trabalhos da formação

 

For4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CIDE 2: capacitar, projetar e colocar em prática

Muitas pessoas visitam o "Cide Moda e Design", buscando roupas exclusivas
Muitas pessoas visitam o “Cide Moda e Design”, buscando roupas exclusivas

 

 

A Unidade 2 do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), conhecida como “CIDE Moda e Design”, localizada no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste de Manaus, realizou várias ações em outubro e novembro, com o objetivo de tornar conhecidas as empresas de confecção, instaladas naquele local.

 

Para a gestora do “CIDE 2”, Elizabeth Araújo, o calendário de ações teve como foco os empresários, conhecidos como incubados, e seus produtos. “Nos meses de outubro e novembro de 2016, os empresários puderam participar de reuniões, curso e eventos voltados para o setor da Moda, o que foi de suma importância para os mesmos e pode resultar em novos olhares sobre a empresa e sobre o papel destes frente a sociedade”, conta Elizabeth, acrescentando que “movimento é vida”.

 

Ainda conforme Elizabeth Araújo, no dia 6 de outubro, os empresários participaram de uma reunião na sede do SEBRAE Amazonas e contaram com a presença da gestora do projeto de confecções, Clarice Maquiné, onde foi apresentada uma proposta de consultoria pontual junto as empresas.

 

Planejamento

No período de 11 a 21 de outubro, foi realizado o curso de Planejamento Estratégico, ministrado pela própria gestora do “CIDE 2”. “Foi um curso que pode abrir novos horizontes, mostrando que um planejamento empresarial é importante para que a empresa tenha em vista a meta a ser alcançada e o caminho que se deve seguir para conseguir”, diz a participante e empresária residente Socorro Flores. O curso teve carga horária de 24 horas.

 

Foi também no mês de outubro que as empresas Maison Rien de Base, Moda Flores da Amazônia e Crie e Recrie, participaram expondo seus modelos, do InovaModa Verão 2018, apresentando ao grande público, peças criadas e desenvolvidas na incubadora, o que foi de grande importância, pois o público alvo era empresários do setor, estudantes de moda e possíveis parceiros empresariais.

 

E para concluir o mês, foi realizado o 3° Bazar de Fábrica, que contou com a participação de todas as empresas incubadas e foi um sucesso de vendas, tanto que o 4° Bazar já está programado para os dias 15, 16 e 17 de dezembro de 2016

 

Novembro

Em novembro, foi a vez da empresa Crie e Recrie brilhar na passarela da segunda semana de Moda do Amazonas, promovido pela Fundação Amazônia Sustentável (FAZ), Cabedal de Criadores e FAAL Eventos, o Amazon Fashion Avenue. Evento que tem movimentado a moda local, dando espaço para que os estilistas da região possam apresentar com maestria suas criações.

 

Segundo a gestora, Elizabeth Araújo, a adesão dos empresários, assim como a dedicação de todos aos eventos é muito importante, pois mostra que o empreendedorismo regional e a valorização da moda Amazônica é algo possível. “Num período, no qual a economia tem afetado as vendas, o fato de que o empresariado da Moda participe e apresente seus produtos ao público, tornando assim, suas marcas conhecidas, é o resultado de uma ação conjunta e cooperação mútua”, finaliza a gestora.

O "CIDE Moda e Design" tem preços acessíveis.
O “CIDE Moda e Design” tem preços acessíveis.

 

 

Empreendedores do "Cide Moda e Design" recebem capacitação.
Empreendedores do “Cide Moda e Design” recebem capacitação.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);

CIDE e Câmaras Setoriais: última avaliação do semestre

Órgãos estaduais, empresariado local, representantes de incubadoras participaram da reunião.
Órgãos estaduais, empresariado local, representantes de incubadoras participaram da reunião.

 

 

A última reunião do primeiro semestre de 2016 da Câmara da Micro e Pequenas Empresas aconteceu no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), nesta quinta-feira, 30, para ouvir as reivindicações do empresariado local.

 

Durante o evento, o vice-presidente da Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea), Caio Fernandes, falou sobre a atualização da implantação da “REDESIM”. “O foco da REDESIM é o empresário, independente do porte da empresa. O objetivo é facilitar a legalização das empresas desde a sua abertura até o seu fechamento, dando agilidade, eficiência e transparência”, diz.

 

Para o secretário Executivo das Câmaras Setoriais, Laerte Chíxaro, um dos melhores resultados do primeiro semestre foi a parceria com o CIDE. “Para nós, é uma alegria imensa estar contribuindo para a aproximação entre o Estado e o empresariado local”, finalizou o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

 

O próximo encontro acontecerá do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-AM).

Cam3

 

 

Cam4

 

 

Cam2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

d.getElementsByTagName(‘head’)[0].appendChild(s);