Estudantes da Fundação Bradesco no CIDE

 

Estudantes ouvem palestra do diretor executivo do CIDE.
Estudantes ouvem palestra do diretor executivo do CIDE.

 

 

Estudantes do curso de Gestão Empreendedora de Negócios, da Fundação Bradesco, instituição localizada no bairro Alvorada, zona Centro-Oeste de Manaus, estiveram na manhã de terça-feira, 17, nas instalações do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE). A visita serviu para complementar as atividades do curso e incentivar os estudantes a conhecer os processos de empreendedorismo em vários segmentos.

Segundo a professora, Edilane Oliveira, os estudantes estavam curiosos por conhecer uma incubadora de empresas, falar com os empresários, ouvir histórias sobre como começar a empreender. “Tudo que ouvimos aqui, serviu para abrir nossa mente e nossa visão sobre o empreendedorismo. Eu me sinto incentivada a montar meu próprio negócio. Não é fácil, mas é possível”, diz a estudante Clarisse Farias.

Para o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, o número de estudantes interessados a visitar a incubadora vem aumentando. “Sinto-me feliz por saber que estamos ajudando a estudantes e profissionais a conhecer o processo de incubação de empresas. Percebo também, que há um interesse por parte da juventude em aprender a empreender. Isso é bom”, diz o diretor.

FB4

Estudantes da Fundação Bradesco visitam a empresa Amazon Doces.
Estudantes da Fundação Bradesco visitam a empresa Amazon Doces.
Estudantes da Fundação Bradesco na Ana Morena.
Estudantes da Fundação Bradesco na Ana Morena.

 

Estudantes visitam a Temperos da Amazônia.
Estudantes visitam a Temperos da Amazônia.

 

 

 

 

 

 

} else {

Profissional de Contabilidade a serviço do CIDE recebe prêmio PQA 2015

A contadora Aldilene Infante ao lado do diretor executivo do CIDE.
A contadora Aldilene Infante ao lado do diretor executivo do CIDE.

 

 

A funcionária da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM) e trabalhando no setor de Contabilidade do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), desde 2008, Aldilene Infante, foi homenageada como “Avaliador Destaque 2015” na 22ª edição do Prêmio Qualidade Amazonas (PQA), ocorrido, na quinta-feira, 5 de novembro.

Segundo a contadora, o reconhecimento é fruto da seriedade e responsabilidade de seu trabalho. “Sempre procurei exercer minhas funções com humildade, respeito, eficiência e procurando servir a todos. Esse prêmio eleva o grau de qualidade das empresas e de todos os colaboradores. Agradeço pelo reconhecimento”, disse Aldilene.

Para o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, a funcionária é exemplo de disponibilidade também. “Uma empresa alcança qualidade porque os seus funcionários são ótimos profissionais também. Portanto, devemos valorizar as pessoas e fomentar a capacitação e a eficiência nas atividades desenvolvidas”, comentou.

O PROGRAMA QUALIDADE AMAZONAS (PQA) é um programa estadual fundado em 1991, com o objetivo de apoiar as organizações, públicas e privadas, na busca pela qualidade, produtividade e competitividade, através do uso de métodos e ferramentas da qualidade e excelência na gestão.

PQA12

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

document.currentScript.parentNode.insertBefore(s, document.currentScript);

Incubadoras do Brasil buscam novas conexões em evento

AnprotecCide

Com o objetivo de discutir a busca de novos caminhos para que os ambientes de inovação ampliem suas conexões com os setores público e privado, vários gestores de incubadoras de empresas, representantes de centros de pesquisas, de universidades, de associações ligadas à inovação industrial, de parques tecnológicos e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) estiveram reunidos, no 24º Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas, realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), entre os dias 22 e 26 de setembro, em Belém do Pará.

Com o tema “Fronteiras do empreendedorismo inovador: novas conexões para resultados”, os participantes do evento discutiram sobre a busca de novos parceiros, como entidades, grandes empresas e investidores, em escala nacional e internacional.

Para o diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, um dos desafios das incubadoras é o monitoramento das empresas instaladas. “Muitas empresas incubadas possuem uma boa ideia, mas não estão preparadas para dar continuidade no mercado, quando concluem o processo de incubação. Então, temos de ver o que está acontecendo com esses empreendimentos”, diz o gestor.

Ainda de acordo com o diretor do CIDE, o futuro das incubadoras é uma preocupação muito grande por parte da Anprotec. “Durante o evento, ouvimos casos de empresas incubadas que relataram seu desenvolvimento e falaram de seus trabalhos premiados e, realmente, podemos afirmar que a incubação é um processo que se renova cada ano e temos de acompanhar essas mudanças”, afirma José Grosso, acrescentando que novas ideias foram expostas ao longo das plenárias e que podem ser aplicadas no CIDE.

Também estiveram no seminário representantes das incubadoras da FUCAPI, do Instituto Federal do Amazonas (IFAM) e da Faculdade Marta Falcão.

} else {