CIDE e “CIDE 2” participam de curso oferecido pela Anprotec e pela Fapeam

Vários gestores de incubadoras de empresas e lideranças de municípios do Amazonas participam de curso da Anprotec
Vários gestores de incubadoras de empresas e lideranças de municípios do Amazonas participam de curso da Anprotec

 

 

 

Com o objetivo de estar sempre atualizado em um mundo em constante transformação em todos os segmentos, o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) e o CIDE Alvorada, conhecido como “CIDE 2”, participam do curso “Planejamento e Implantação de Incubadoras de Empresas”, oferecido pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e pela Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado do Amazonas (Fapeam), na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE).

O curso termina na quinta-feira, 10, e visa discutir com os participantes uma metodologia para o planejamento e a implantação de uma incubadora de empresas de sucesso, sintonizando-a com o ecossistema de inovação da região. Participam também, gestores de outros municípios do Amazonas e do Estado do Acre.

“Além de Manaus, selecionamos seis municípios no interior do Estado, onde estabeleceremos estratégias juntamente com as lideranças locais, para implantar incubadoras de empresas, fortalecendo o município e gerando renda à população”, enfatiza a consultora da Anprotec, Evelin Astolpho.

Ainda segundo a consultora, os municípios selecionados para o programa de formação são Presidente Figueiredo, Tefé, Coari, Parintins, Manacapuru e Itacoatiara. “Estamos formando os agentes locais para que eles sejam os gestores das incubadoras de empresas e possam apoiar os novos empreendedores, desenvolver negócios, selecionar projetos e trabalhar para que as ideias inovadoras virem empresas no futuro”, conclui Evelin.

 

 

 

Consultor da Anprotec fala aos gestores.
Consultor da Anprotec fala aos gestores.

 

 

F2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

Cide participa da 25ª Conferência Anprotec em Mato Grosso

Representantes do CIDE e outros participantes na conferência da Anprotec
Representantes do CIDE e outros participantes na conferência da Anprotec

 

Ao longo de cinco dias, de 19 a 23 de outubro, dois representantes do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), o diretor executivo, José Cunha Barbosa Grosso, e a diretora financeira da instituição, Rosália Padilha, vão participar do maior evento de empreendedorismo inovador da América Latina, em Cuiabá (MT), a 25ª Conferência Anprotec (Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores).

Com o tema “Ambientes de inovação mais sustentáveis: o empreendedor como protagonista da nova economia”, a programação do evento está distribuída entre workshops, minicursos, sessões plenárias, sessões interativas e fóruns. O evento é realizado pela própria Anprotec e Sebrae, com organização local da Arca Multincubadora, da Universidade Federal de Mato Grosso e do Governo do Estado de Mato Grosso.

 

TEMÁTICA

 

A Conferência deste ano propõe a discussão sobre inovações que ofereçam à sociedade não apenas benefícios econômicos e produtivos, mas também ambientais e sociais. Segundo a presidente da Anprotec, Francilene Garcia, o movimento de incubadoras de empresas e parques tecnológicos na promoção de um desenvolvimento sustentável vem experimentando novas alternativas. “Essas alternativas caminham para a interiorização, apoiando o desenvolvimento de segmentos vocacionados a dinamizar as economias locais e regionais. Transformar os ambientes de inovação, como incubadoras de empresas e parques tecnológicos, em plataformas de desenvolvimento sustentável e de mudança social consolida-se como uma importante bandeira da Anprotec para os tempos atuais e para o futuro”, explica.

 

 

Confe3

 

O diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, participa da 25º Conferência Anprotec
O diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, participa da 25º Conferência Anprotec

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Capacitação para equipe gestora de incubadoras

 

 

Equipe de administração do Cide com os instrutores da Anprotec
Equipe de administração do Cide com os instrutores da Anprotec

 

A equipe de administração do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (Cide), formada pelas administradoras Aldilene Infante, Rosália Padilha e Rita Queiroz, estiveram entre os dias 23 e 26 de junho, qualificando-se no curso de capacitação de Centros de Referência para Apoio a Novos Empreendimentos (CERNE 1 e 2). O curso garante uma gestão de melhores resultados, com focos em ações dos empreendimentos bem sucedidos, propiciando um planejamento e acompanhamento adequados às ações da incubadora e incubados.

 

A formação foi oferecida pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), em parceria com a Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e aconteceu no Instituto Nacional de Pesquisa da Amazônia (INPA).

 

Juntamente com a equipe do Cide, estiveram, também, representantes de outras nove instituições acadêmicas, como a Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Fundação Centro de Análise, Pesquisa e Inovação Tecnológica (Fucapi), representantes da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo (município a 107 quilômetros de Manaus), entre outras.

 

A administradora do Cide, Rosália Padilha, entrega uma cesta de doces, produzidos no Cide, ao instrutor da Anprotec.
A administradora do Cide, Rosália Padilha, entrega uma cesta de doces, produzidos no Cide, ao instrutor da Anprotec.

 

Instrutora da Anprotec recebe doces regionais, produzidos no Cide.
Instrutora da Anprotec recebe doces regionais, produzidos no Cide.

 

 

 

 

 

 

 

 

Incubadoras do Brasil buscam novas conexões em evento

AnprotecCide

Com o objetivo de discutir a busca de novos caminhos para que os ambientes de inovação ampliem suas conexões com os setores público e privado, vários gestores de incubadoras de empresas, representantes de centros de pesquisas, de universidades, de associações ligadas à inovação industrial, de parques tecnológicos e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) estiveram reunidos, no 24º Seminário Nacional de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas, realizado pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), entre os dias 22 e 26 de setembro, em Belém do Pará.

Com o tema “Fronteiras do empreendedorismo inovador: novas conexões para resultados”, os participantes do evento discutiram sobre a busca de novos parceiros, como entidades, grandes empresas e investidores, em escala nacional e internacional.

Para o diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, um dos desafios das incubadoras é o monitoramento das empresas instaladas. “Muitas empresas incubadas possuem uma boa ideia, mas não estão preparadas para dar continuidade no mercado, quando concluem o processo de incubação. Então, temos de ver o que está acontecendo com esses empreendimentos”, diz o gestor.

Ainda de acordo com o diretor do CIDE, o futuro das incubadoras é uma preocupação muito grande por parte da Anprotec. “Durante o evento, ouvimos casos de empresas incubadas que relataram seu desenvolvimento e falaram de seus trabalhos premiados e, realmente, podemos afirmar que a incubação é um processo que se renova cada ano e temos de acompanhar essas mudanças”, afirma José Grosso, acrescentando que novas ideias foram expostas ao longo das plenárias e que podem ser aplicadas no CIDE.

Também estiveram no seminário representantes das incubadoras da FUCAPI, do Instituto Federal do Amazonas (IFAM) e da Faculdade Marta Falcão.

} else {