Olimpíadas 2016: Empresas podem ter espaço internacional na Arena da Amazônia

Empresários participam de reunião do projeto "Chama Empreendedora".
Empresários participam de reunião do projeto “Chama Empreendedora”.

 

 

Empresas do segmento de Alimentos feitos com produtos da Amazônia e instaladas no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) podem participar do projeto “Chama Empreendedora” e expor seus produtos durante as Olimpíadas 2016, na Arena da Amazônia.

 

Segundo a coordenadora local do Plano Nacional da Cultura Exportadora (PNCE), Sandra Almeida, o projeto é uma oportunidade de fazer negócios durante as Olimpíadas 2016. “Esse projeto nasceu na Associação Comercial do Rio de Janeiro e estendeu-se por todas as cidades pelas quais vai passar a tocha olímpica”, diz.

 

Ainda conforme Almeida, a preparação e a participação dos empresários no projeto “Chama empreendedora” vai até as olimpíadas de 2020. “É um processo que começa agora com as empresas que estão prontas para exportar, juntamente com os parceiros institucionais”, conta, acrescentando que o nome “Amazônia” tem um poder de marketing muito forte.

 

Para o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso, as empresas da incubadora têm produtos capazes de competir com os de outros países. “Essas empresas são capazes de ocupar um espaço nacional e internacional porque fazem ótimos produtos com ingredientes da Amazônia”, finaliza.

 

 

Empreendedores, instalados no CIDE, do segmento de Alimento e Confeitaria, foram convidados à reunião.
Empreendedores, instalados no CIDE, do segmento de Alimento e Confeitaria, foram convidados à reunião.

 

Suf3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *