Capacitação vai ajudar a identificar e superar dificuldades do Processo Empresarial

O diretor executivo do CIDE, José Grosso, explica a atividade empresarial.
O diretor executivo do CIDE, José Grosso, explica a atividade empresarial.

 

Com o objetivo de melhorar a capacitação empresarial dos empreendedores e a gestão das empresas, o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) fez uma parceria com o Departamento de Assistência à Média e Pequena Indústria (DAMPI), da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), para realizar várias atividades ao longo dos próximos meses que ajudem a identificar e a superar as dificuldades no processo empresarial dos empreendimentos instalados na incubadora.

 

ETAPAS DA CAPACITAÇÃO

Em uma palestra de sensibilização para a equipe técnica do CIDE e os empresários instalados, os responsáveis pelas formações do projeto, Graça Emiliano e o economista Geraldo Magela, pediram a participação de todos.

 

Segundo Magela, o projeto passará por três etapas que vão melhorar a estrutura funcional das empresas. “A primeira questão com a qual vamos trabalhar é a profissão da gestão porque são empresas consideradas ainda pequenas e, portanto, precisam profissionalizar a sua gestão, separando o aspecto familiar do aspecto empresarial”, diz o economista.

 

Ainda segundo os palestrantes, a segunda etapa consistirá no Empreendedorismo. “Às vezes, a pessoa é empresário, mas não é empreendedor, ou seja, falta a ele um comportamento de realizar planejamentos, métodos, metas, etc.”, diz Magela.

 

A capacitação incluirá também, Planejamento Estratégico, respondendo a perguntas, como quem queremos ser no mercado e quais as estratégias para alcançar um fim proposto. “Por último, realizaremos uma formação ligada à Padronização e à Melhoria do Ambiente, ou seja, criar padrões na empresa, criar sua personalidade, a identidade, dando força para que a empresa encare os desafios do mercado”, conclui o economista, dizendo que as práticas de gestão são aplicáveis a qualquer tipo de organização.

 

O próximo passo será estabelecer o melhor dia de atividades para o empresariado, o melhor horário, estruturar as turmas e as participações por empresa, e realizar os treinamentos ainda no mês de maio.

Empreendedores e técnicos do CIDE que vão participar das formações.
Empreendedores e técnicos do CIDE que vão participar das formações.

 

A coordenadora do CIDE-Polo de Modas, Elizabeth Araújo, fala da importância das formações.
A coordenadora do CIDE-Polo de Modas, Elizabeth Araújo, fala da importância das formações.

 

 

A técnica do CIDE, Rosália Padilha, fala aos empreendedores.
A técnica do CIDE, Rosália Padilha, fala aos empreendedores.

 

 

Empresários instalados no CIDE manifestam a sua opinião.
Empresários instalados no CIDE manifestam a sua opinião.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *