• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivos por mêsoutubro 2020

Superintendente da SUFRAMA visita o CIDE

Algacir Polsin, Antonio Silva e José Grosso caminham pelas instalações do CIDE

Com a finalidade de conhecer o processo de incubação de empresas, conhecer as necessidades e capacidades do empresariado local, e o processo produtivo dos empreendimentos, o superintendente da Superintendência da Zona Franca de Manaus (SUFRAMA), Algacir Antonio Polsin, visitou o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), no dia 15 de outubro.

O general Algacir Polsin chegou por volta das 10:30 da manhã às instalações do CIDE e foi recebido pelo Presidente do Conselho da instituição, Antonio Silva, e pelo diretor executivo, José Barbosa Grosso. Após os cumprimentos e dar as boas-vindas ao visitante ilustre e aos demais representantes que o acompanhavam, todos se dirigiram à nova sala de reunião da incubadora.

Na reunião, Antonio Silva falou do papel das incubadoras de empresas no Estado do Amazonas e de forma específica do CIDE. “As incubadoras contribuem ao desenvolvimento econômico do Estado”, lembrou ele. Uma vez terminada a explanação do presidente, a palavra foi passada ao diretor executivo, José Grosso, que falou sobre o processo de incubação pelo qual passam as empresas instaladas no CIDE. Polsin, por sua vez, agradeceu a acolhida e manifestou sua vontade, como superintendente, de realizar parcerias com o centro de incubação. “A Suframa quer colaborar com toda a Região e em todos os aspectos”, disse Polsin.

Concluída a reunião e seguindo as normas de higiene contra a COVID-19, o superintendente da SUFRAMA se dirigiu ao auditório da instituição, onde lhe aguardavam empresários dos setores de Cosméticos e de Alimentação. “Nas nossas visitas procuramos identificar as necessidades, as demandas dos setores e integrar as capacidades para atender as exigências de cada setor, porque juntos somos mais fortes”, destacou Polsin.

No auditório, os empresários expuseram seus produtos, fizeram apresentações da trajetória de suas empresas e dos processos de produção. “Desde a nossa criação, a SUFRAMA realiza parcerias com a nossa incubadora de empresas. Portanto, juntos podemos manifestar as dificuldades de cada setor e apresentar soluções”, comentou o diretor executivo José Grosso.

Uma vez concluída as apresentações, o superintendente da SUFRAMA foi convidado pelos empresários a fazer degustações dos diversos produtos regionais que estavam expostos no local.

 

Na entrada das instalações do CIDE, Antonio Silva, Algacir Polsin e José Grosso, param para um registro fotográfico da visita.

Representantes da Suframa se reúnem com os representantes do CIDE.

Os visitantes entram no auditório do CIDE.

Empresário apresenta a empresa aos visitantes.

Empresário do ramo da Alimentação apresenta a história da empresa.

Empresário expõe dificuldades e capacidades.

Empresário do setor de alimentos lácteos apresenta a empresa.

O superintendente da Suframa, Algacir Polsin (esq.), e o diretor executivo José Grosso.

 

O superintendente, Algacir Polsin (dir.), degusta produtos.

Empresário mostra produtos ao superintendente da Suframa.

 

Algacir Polsin (dir.) prova produtos regionais.

 

Representantes da Suframa fazem degustação.

CIDE recebe vistoria de Corpo de Bombeiros

O Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) passou, no último dia 9 de outubro, por uma vistoria do Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas nas suas instalações, com a finalidade de renovar o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), saber em que estado se encontram os diversos pontos de hidrantes e alarmes contra incêndio, e oferecer segurança aos empresários instalados e às pessoas que visitam o centro.

De acordo com o sargento Guerreiro, a incubadora de empresas oferece um lugar seguro no que se refere à prevenção contra incêndios. “Testamos os sistemas de hidrantes, alarmes, extintores e a capacidade dos brigadistas”, disse o bombeiro.

Ainda de acordo com o sargento, as inspeções podem acontecer a cada dois anos, mas os brigadistas devem realizar o curso contra incêndio de forma contínua. “Os brigadistas devem conhecer bem o local, as instalações para que eles possam saber fazer uma evacuação em caso de incêndio”, concluiu.

Para o diretor executivo do CIDE, José Grosso, a segurança no local de trabalho é fundamental. “É importante que todo o sistema esteja em perfeito estado e funcionando, e os brigadistas estejam preparados para atuarem em caso de incêndio. Assim evitaremos danos ao patrimônio e possíveis mortes”, finaliza Grosso.

 

O AVCB

O Auto de Vistoria do corpo de bombeiros, o AVCB é um documento oficial emitido pelo Corpo de Bombeiros, onde diz que o local foi vistoriado e está dentro das normas de segurança contra incêndio e pânico, previstas na legislação e no PPCI (Plano de Prevenção e Combate de Incêndios).

O diretor executivo do CIDE (esq.) com os sargentos do Corpo de Bombeiros durante a inspeção.

Sargento inspeciona sistema contra incêndios.

Toda documentação é averiguada

Pular para a barra de ferramentas