• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivos por mêsjunho 2017

Doutoranda da FGV de São Paulo realiza pesquisa no CIDE

A doutoranda da FGV-SP, Cassiane Jaroszewski (esq.), conversa com a técnica do CIDE, Rosália Padilha.

A doutoranda da FGV-SP, Cassiane Jaroszewski (esq.), conversa com a técnica do CIDE, Rosália Padilha.

 

Conversamos com a doutoranda em Administração Pública e Governo, da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, Cassiane Jaroszewski, que esteve no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) para conhecer as empresas incubadas e realizar pesquisas para a sua tese de doutorado.

 

Porque você escolheu o Amazonas?

Eu escolhi o Amazonas porque é o primeiro Estado da Federação a ter lei de Inovação Tecnológica, é o Estado que tem mais tempo de lei vigente e quero estudar como se aplica essa lei e quais são os seus frutos na economia local.

O Estado do Amazonas é especial porque, além do fato da lei de inovação, existe a questão da biodiversidade, ou seja, alinhar a inovação, respeitando os recursos naturais e sustentáveis. Isso é um grande desafio.

 

Qual é a importância do CIDE na sua pesquisa?

Estou em Manaus para conhecer o ambiente de inovação no Estado do Amazonas e minha visita ao CIDE tem a finalidade de entender as incubadoras de empresas como um espaço de promoção da Inovação, onde as empresas são capazes de utilizar o conhecimento científico, transformá-lo em produtos que vão ao mercado, dinamizando a economia local e trazendo retornos à sociedade.

Nessa visita ao CIDE, o que eu percebi foi o uso dos recursos naturais da Região no processo de fabricação dos produtos elaborados dentro da incubadora, bem como a dificuldade de conseguir matéria prima hoje para as pequenas empresas, porque as grandes empresas se antecipam e adquirem quase tudo. É uma dificuldade que precisa do apoio do governo para ser superada por meio de políticas.

 

O que pretende com sua tese de doutorado?

O que eu pretendo com minha tese de doutorado é mostrar ao poder público os problemas pelos quais passam as pequenas empresas, no campo da Inovação, e que o governo tem de ouvir os outros atores do processo, como as universidades, fundações, instituições de pesquisas, consumidores, e que as decisões devem ser tomadas em conjunto, com todos os participantes do processo inovador.

 

Além de Manaus, a pesquisadora já visitou incubadoras de empresas, universidades, instituições de pesquisas de São Paulo, e seguirá para Santa Catarina e Recife.

Ent1

 

 

Ent3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Estudantes do UniNorte Laureate no CIDE

Acadêmicos do UniNorte Laureate conversam com o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

Acadêmicos do UniNorte Laureate conversam com o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

 

 

Os estudantes universitários dos cursos de Designer Gráfico, Farmácia e Logística do UniNorte Laureate Internacional Universities estiveram, em maio, no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), para conhecer os trabalhos da incubadora e visitar empresas relacionadas com a área de cada turma visitante.

 

A visita forma parte da premiação da gincana “Desafio UniNorte”, que teve como finalistas os três cursos. “A competição tem um aspecto de empreendedorismo também. Então nós tivemos atividades nessa área e no aspecto social”, diz a analista do Escritório Internacional do UniNorte Laureate, Tamiris Carlos.

 

Sempre motivados, os estudantes conversaram com o diretor da instituição e com os empresários da área de Panificação, Doces, Licores e Temperos. “Para nós, sempre é um orgulho que outras instituições, como o UniNorte, estejam fomentando o empreendedorismo no ambiente universitário e escolha a nossa incubadora de empresas como parte do prêmio por meio de uma visita. Esperamos que esses jovens sejam bons empreendedores nas suas áreas e contribuam com o crescimento da sociedade”, diz o diretor executivo do CIDE, José Barbosa Grosso.

Estudantes ouvem palestra do diretor executivo, José Grosso.

Estudantes ouvem palestra do diretor executivo, José Grosso.

 

 

Visitantes do UniNorte Laureate em uma empresa de doces, no CIDE.

Visitantes do UniNorte Laureate em uma empresa de doces, no CIDE.

 

 

Acadêmicos conversam com empreendedor da área de Alimentos.

Acadêmicos conversam com empreendedor da área de Alimentos.

 

 

Acadêmicos de Farmácia visitam laboratório de análises, no CIDE.

Acadêmicos de Farmácia visitam laboratório de análises, no CIDE.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Empresários do CIDE profissionalizam a gestão

O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação

O economista Geraldo Magela recebe os empresários, no primeiro dia de formação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os empreendedores, instalados no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), concluíram, no mês de maio, o primeiro módulo de formação, intitulado “Profissionalização da Gestão”, para corrigir os principais erros nas gestões consideradas “familiares”, nos aspectos financeiro e processo empresarial.

 Durante uma semana, os empresários ouviram palestras, compartilharam experiências positivas e negativas, ouviram casos e realizaram exercícios em grupos. “A profissionalização da gestão começa pela postura de cada empreendedor, controlando o seu Ego, melhorando sua relação com os funcionários e os clientes, evitando o paternalismo, o nepotismo, a centralização dos trabalhos e os critérios de contratação”, diz o economista e coach Geraldo Magela.

No mês de junho, o empresariado volta à sala de formação para dar continuidade aos trabalhos.

 

Aproximadamente 14 empresários participam das formações

Aproximadamente 14 empresários participam das formações

 

Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo

Empresários recebem o certificado de conclusão do primeiro módulo

 

Empresários apresentam os trabalhos da formação

Empresários apresentam os trabalhos da formação

 

For4