• 92 3216-3892
  • secretaria@cide.org.br

Arquivos por mêsabril 2015

Sai novo edital para ideias inovadoras

Representantes de diversas instituições de pesquisa participam do lançamento do Sinapse

Representantes de diversas instituições de pesquisa participam do lançamento do Sinapse

 

Na tarde de ontem, 29, foi lançado o edital do Sistema de Incubação Acelerada de Projetos, Soluções e Empreendimentos (programa Sinapse), para ideias inovadoras em diversos segmentos. Os interessados devem inscrever os projetos até 11 de junho pelo site www.am.sinapsedainovacao.com.br

De acordo com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), os participantes precisam passar por três fases durante as quais recebem capacitação e devem apresentar, além da proposta de ideia inovadora, um projeto de empreendimento e um projeto para o fomento. Ao final, os 40 projetos selecionados e aprovados receberão R$ 50 mil.

Todo o processo será acompanhado por uma equipe técnica, na qual está o Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) e outras incubadoras de empresas, e instituições acadêmicas e de pesquisa.

 

 

 

Futuros farmacêuticos no CIDE

Acadêmicos de Farmácia aguardam visita a empresas incubadas no CIDE.

Acadêmicos de Farmácia aguardam visita a empresas incubadas no CIDE.

Os estudantes universitários do oitavo período do curso de Farmácia do Uninorte/Laureate estiveram, hoje, 22, no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE) para conhecer os trabalhos de farmacêuticos que decidiram empreender. Antes da visita, os acadêmicos ouviram uma palestra proferida pelo diretor executivo da incubadora, José Barbosa Grosso, que falou sobre o processo de incubação e casos de sucesso.

“Eu acredito que a maioria dos universitários possui ideias empreendedoras, todos nós temos sonhos e devemos aprender a desenvolvê-los. Então, a ideia de vir conhecer alguns trabalhos no CIDE é uma oportunidade única que vai nos ajudar a amadurecer nossas ideias”, diz a estudante de Farmácia, Bianca Feitosa.

Segundo o preceptor de estágio de Farmácia, Marco Aurélio Oliveira, a visita ao CIDE ajuda a complementar o conhecimento teórico dado em sala de aula. “Sempre estimulamos aos acadêmicos a ter mais conhecimentos sobre o mercado de trabalho. E, essa visita vai mostrar aos estudantes que há empreendedorismo na área de Farmácia, onde eles podem desenvolver produtos inovadores e ser futuros gestores”, finalizou.

Uni1

Antes da visita a empresas, acadêmicos ouvem palestra.

Uni3

Empreendedor da área de licores explica processo a estudantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

if (document.currentScript) {

Formação de agentes para o SINAPSE acontece na Ulbra

 

Representantes de várias instituições recebem formação sobre o SINAPSE

Representantes de várias instituições recebem formação sobre o SINAPSE

 

Depois de vinte dias da primeira reunião, representantes do SINAPSE da Inovação, programa de empreendedorismo inovador iniciado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Amazonas (FAPEAM), em parceria com a Fundação Centros de Referência em Tecnologias Inovadoras (CERTI) do Estado de Santa Catarina, voltaram a se reunir, nesta terça-feira, 14, com diretores de incubadoras de empresas e representantes de universidades e outras instituições ligadas ao programa, para a segunda formação. O encontro aconteceu na Universidade Luterana do Brasil (Ulbra), em Manaus.

Segundo o coordenador institucional do SINAPSE da Inovação, Antônio Rogério, a reunião serviu para realizar a capacitação dos agentes do programa. “Cada instituição participante possui um agente de divulgação. Então, estamos apresentando as metodologias que ajudarão na hora de informar sobre essa iniciativa”, disse.

Durante o encontro o diretor executivo do Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), José Barbosa Grosso, colocou à disposição do SINAPSE as instalações da incubadora. “Estamos apoiando essa iniciativa e esperamos que, quando seja lançado o edital para jovens empreendedores, surjam ótimas ideias a serviço da sociedade e da economia do Amazonas”, ressaltou.

O próximo encontro foi marcado para o dia 29 de abril, na Faculdade Nilton Lins.

O projeto-piloto tem o objetivo de fomentar a criação de empreendimentos inovadores a partir de ideias geradas por universitários, pesquisadores e profissionais de diversas instituições de ensino ou empresariais, transformando-as em negócios de sucesso.

Ulbra2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

}

“Dommando” a Tecnologia da Informação em Manaus

A atual equipe da Domma.

A atual equipe da Domma.

Domma, empresa do segmento da Tecnologia da Informação e instalada no Centro de Incubação e Desenvolvimento Empresarial (CIDE), em um ano de funcionamento em Manaus conseguiu destacar-se no mercado local, criando soluções para gestão de processos produtivos e administrativos por meio de sistemas informatizados, criados sob encomenda.

O ponto forte da empresa é conhecer a real necessidade do cliente e, depois, desenvolver suportes de informática, como websites, softwares customizados, aplicativos para smartphone e prestar consultoria em Tecnologia da Informação. “As empresas de bens de informática em Manaus, criam um mercado favorável à criação de empresas de software na Região”, diz o diretor da Domma, Samy Assi.

Ainda conforme Samy Assi, a Domma atende os setores da construção civil, hotelaria, restaurantes, institutos de pesquisas, além das grandes e pequenas empresas instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM). “Há espaço para todos nesse segmento da Tecnologia da Informação e contamos com o apoio de ótimos profissionais e do CIDE”, diz ele, acrescentando que, neste ano de 2015, a Domma pretende participar de premiações. Para mais informações acesse dommati.com.br

Preparação

Para o diretor da Domma e analista de sistemas, Samy Assi, há muitos jovens com ótimas ideias, mas precisam de orientações e apoio financeiro para ver se a ideia de empreendedorismo é viável. “Eu recomendo que os jovens façam cursos no Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/AM), principalmente o curso Empretec, para que eles possam se familiarizar com o ambiente que eles vão encontrar na hora de colocar em prática a sua ideia porque ser empresário significa também, correr riscos”, lembra.

Outro conselho dado por quem, em pouco tempo, alcançou o êxito é que as novas empresas busquem fazer parcerias. “Uma empresa que está chegando ao mercado, não tem nome ainda. Portanto, ter instituições parceiras como o CIDE, significa emprestar credibilidade à empresa nova. Isso é importante para quebrar barreiras”, conclui.Outro conselho dado por quem, em pouco tempo, alcançou o êxito é que as novas empresas busquem fazer parcerias. “Uma empresa que está chegando ao mercado, não tem nome ainda. Portanto, ter instituições parceiras como o CIDE, significa emprestar credibilidade à empresa nova. Isso é importante”, conclui.